Maré Congelada, de Morgan Rhodes

O quarto livro da série A Queda dos Reinos, Maré Congelada, é marcado pelas alianças. Depois de muitas guerras, confrontos e mortes, cada um dos lados começa a planejar seus próximos movimentos, sempre, atrás da tétrade. 

Por causa do enredo muito mais complexo, e com todas as alianças, a narrativa desse livro torna-se muito mais lenta do que a dos anteriores. Grande parte do livro trata-se sobre o planejamento de ações e a especulação de uniões, cada um com seus objetivos, principalmente depois da tragédia no casamento de Cleo e Magnus que mudou a todos.

Desde o segundo livro da saga temos cada vez mais elementos mágicos envolvidos na história, o que se torna o diferencial de toda a história.

Uma das coisas que eu mais amo nessa série são os acontecimentos inesperados. Nada é óbvio, Morgan Rodes não tem medo de arriscar criando alianças e combates inesperados. Contudo, acho que a autora desacostumou os leitores compitas coisas acontecendo de uma vez só, que nesse livro tudo parece parado demais.

Mesmo assim, vale muito a pena ler o livro, assim como o resto da série que é incrível!

Beatriz Marques

19 anos, estuda jornalismo. Gosta de muitas coisas e de tudo ao mesmo tempo. Leitora assídua, fangirl 24/7, cosplayer por diversão, orgulhosamente é da Grifinória, filha de Hades e whovian. Algumas das suas paixões são: sua guitarra (apelidada de Emily), cantar, séries, livros, animes, mangás, filmes, HQ's, música, shows e história.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário